Bistrô da Poesia
Deguste... poesia é o alimento da alma!!!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Sonhar

 
 

Sonhar, ah sonhar!

Meus sonhos são como bálsamos milagrosos,

Que conseguem acalmar essa dor lancinante.

Porque me trazem, todas as noites,

A sensação de tocá-lo, mesmo distante.

 

Então, sonho sem limites, não vou economizar,

Neles a distância não existe, vão correndo te buscar.

Se posso tê-lo em meus braços, e sua boca beijar,

Cobrir você de carícias, de mãos dadas caminhar.

 

Sob árvores frondosas e o sol pra testemunhar.

Que as cores ficam mais vivas se ao meu lado você está.

E a musica, magia, posso até me aventurar e cantar!

Tudo isso fica fácil quando me ponho a sonhar.

 

Nos sonhos, roubo as estrelas para o seu céu iluminar,

Coloco a mais linda valsa e contigo vou bailar.

Com passos leves e graciosos, vamos girando no ar.

E então faço outro encanto e te levo a voar.

 

Amor, isso é tão lindo, vem correndo me buscar,

Leva-me pelos caminhos em que eu possa encontrar.

Muito além do arco-íris, flores lindas para enfeitar,

Nosso leito perfumado, aonde virá me amar.

 

Não quero que isso se acabe,

Deixe-me, eu só posso sonhar.

Pois todo sonho quer se realizar,

E me dá a certeza de que juntos iremos ficar.

 

 

(14/07/2002)

Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 06/06/2008
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários