Bistrô da Poesia
Deguste... poesia é o alimento da alma!!!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Meu Diário
11/08/2009 23h26
Civilização Inca

Civilização Inca - História da Civilização Inca

Os Incas foram um dos povos mais civilizados da América.Compunham, principalmente as tribos Quéchuas, Aymará, Yunka, etc, que formavam, segundo os espanhóis o Império dos Incas, denominação derivada da família reinante pertencente à tribo dos Quéchuas, a principal do império. Habitavam a região hoje ocupada pelo Equador, Peru, norte do Chile, Oeste da Bolívia e noroeste da Argentina. Mais de dez milhões de cidadãos haviam se fundido nesta unidade política e cultural que era de elevado nível. Fisicamente os Incas eram de pequena estatura, pele morena, variando do moreno claro ao escuro, cabelos pretos e lisos quase imberbes. Quanto a organização social e política segundo o testemunho espanhol, eles eram perfeitos, possuidores de espírito comunitários.
Adoravam o Sol reencarnado em cada Inca ou imperador, que era filho do Grande Sol, deste modo o Imperador era considerado deus dentre o povo. Os mortos eram sepultados não somente em templos, mas também em torres túmulos e covos (denominados Chullpas). Os templos dos Incas não eram mais do que habitações de maiores dimensões e eram construídas as superfícies da terra. Um dos aspectos que mais se salientam na cultura incaica é a solução que deram para o problema das comunicações, que apresentavam sérias dificuldades na região dos Andes. Estabeleceram uma complexa rede de caminhos e um corpo permanente de mensageiros (Tiasques) encarregados de transmitirem as noticias. Praticamente a agricultura que havia atingido entre eles, notável desenvolvimento, demonstrado pelas obras de irrigação.
Os Incas empregavam fartamente os metais, cobre, bronze, ouro, prata, o que despertou a cobiça dos conquistadores.
Em 1553, o país foi conquistado por Pizarro e submetido à coroa espanhola. A cultura Inca foi totalmente destruída e, na atualidade restam apenas ruínas de seus grandiosos monumentos templos e palácios.

Durante muito tempo a historiografia abordou o Estado inca como um "paraíso perdido", no qual inexistia a fome, a exploração e a violência. Estes fatos incentivaram a imaginação dos novelistas, estudiosos e pesquisadores, que procuraram descobrir influências de extraterrestres ou a construção do primeiro Estado comunista em terras americanas.

Características

O estado mantinha um sistema tributário que cobrava tributos para manter os velhos e os doentes, e para fornecer alimentos nas épocas de má colheita, com um soberano, que a ideologia inca dizia ser o filho do sol (o sol lhe outorgava proteção divina e ordem social).

Realmente é extraordinário que uma civilização tenha se estendido por 4000 quilômetros ao longo da Cordilheira dos Andes sem dispor da roda nem duma boa malha hidroviária para transportar os excedentes agrícolas, que foi o que causou o aparecimento das civilizações em outras partes, pois os Incas com suas técnicas de engenharia fizeram obras que seriam uma árdua tarefa mesmo para a engenharia moderna .

Os incas eram construtores exímios. Sem o auxílio da argamassa, edificaram paredes tão perfeitamente ajustadas que era impossível introduzir a lâmina de uma faca entre as pedras . Milhares quilômetros de estradas ligavam as quatro províncias ou confins como as chamavam, à Cuzco a capital, era superior a tudo o que existia à data na Europa. Embora o pavimento de pedras lisas pudesse ter sido concebido para veículos, numa sociedade sem cavalos e sem roda todos andavam a pé. Estas estradas transpunham rios por meio de pontes pênseis, eram tão sólidas que muitas delas foram usadas ainda no século XX .

Uma sociedade que tributava as pessoas e não a produção devia possuir um sofisticado esquema de controle. O Estado inca conhecia a quantidade de homens, mulheres e crianças de cada ayllu, conhecia o número de indivíduos com que podia contar para montar um exército sem afetar a produção, sabia quanta mão-de-obra era necessária para construir uma ponte e onde requisitá-la. Sabia das necessidades de alimento, roupas e armas para sustentar os mitamáes.

Quipo
O segredo dessa contabilidade sem computadores são os quipos, logos cordões aos quais eram amarrados uma multiplicidade de cordõeszinhos, onde se fazia diferentes tipos de nós, como sinais. Os quipucamayucs eram responsáveis por essa contabilidade e caso cometessem qualquer erro ou na confecção ou na leitura, pagavam com a morte.
RESUMO da História Inca

20.000 - 100 a .C

Há cerca de 20.000 anos atrás, tribos de caçadores que tinham atravessado o estreito de Bering dirigiam-se para o sul e acabaram por atingir a terra que nós atualmente chamamos de América do Sul. Por volta do ano 5.000 a.C., habitantes das regiões montanhosas começaram a cultivar alimentos e começaram a viver em povoados permanentes.
Cerca do ano 2.000 a.C., os pescadores que habitavam a costa começaram igualmente a construir habitações permanentes. Mais ou menos no ano 1.200 a.C., os habitantes da zona costeira já cultivavam o milho, teciam roupas de boa qualidade e faziam cerâmica.
Ao mesmo tempo surgiu na zona montanhosa a primeira civilização importante denominada Chavin. Por volta do ano 100 a.C., a costa nordeste era um reino cuja a capital era Moche, e no Sul existia outro reino com capital em Nazca.

100 a.C. - 1.100 d.C.

A primeira civilização que floreceu na região montanhosa tinha sua capital em Tiahuanaku . Cerca de 800 d.C. os habitantes de tiahuanaku já tinham conquistado a costa meridional. No ano 1000 d.C., o Peru era um conjunto de tribos guerreiras sem chefes poderosos. Foi a época do império dos Chimus também reinar.

1100 - 1430 d.C.

O Inca Manco Capac tinha se estabelecido em Cuzco. Entretanto, as tribos provenientes do norte haviam formado o reino Chimu na costa setentrional. Construíram grandes cidades, segundo um plano retangular, dotadas de grandes muros de pedra.
Em Cuzco, os Incas tornaram-se mais poderosos. O filho de Manco, Sinchi Roca, tal como seu pai, governava metade de Cuzco e nada fez para tornar a família mais poderosa. Encorajou a extração de minerais e a tecelagem e foi um grande patrono da agricultura. Mas seu filho Capac Yuapanki, nascido quando Sinchi Roca já era velho: expandiu o território Inca a Cuzco inteira.
O Inca Roca foi o primeiro a ser denominado Sapa Inca (o Inca Supremo). Grande parte do seu reinado passou-se em disputas constantes com as tribos Chancas. O Inca Roca sucedeu Yahuar Huacac que foi ameaçado por uma aliança das tribos montanhosas. Seu filho, Wiracocha, também sofreu ataques, mas conseguiu repelir os invasores. No entanto acabou por fugir de Cuzco quando as tribos Chancas puseram em perigo seu reino.

1438 - 1493 d.C.

O filho de Wiracocha, Inca Yuapanki, sucedeu-lhe no trono. Venceu as tribos Chancas, matou seu rei, e para fortalecer sua posição na zona montanhosa, propôs paz às outras tribos e ofereceu mulheres incas aos seus lideres. Reconstruiu Cuzco, tornando-a capital, e organizou um sistema governativo com funcionários incas, que chefiavam cada tribo como um grupo de cidadãos equiparados dentro do império.
Quando seu filho, Topa Inca Yuapanki, atingiu os 15 anos o enviou para o território do norte para aumentar suas terras. A seguir anexou seu império ao Chimu após algumas batalhas psicológicas, e o tornou mas uma parte do Império Inca.
Quando Inca Yuapanki se retirou, seu herdeiro ocupou o trono. Topa Inca conquistou as tribos que habitavam as florestas amazônicas, venceu tribos rebeldes em Torno do Lago Titicaca e levou seu império para o Sul até o Chile. Morreu em Cuzco 1493 d.C..

1493 - 1572 d.C.

Huayna Capac subiu ao trono ainda muito jovem. Não havia problema quanto ao seu sucessor. Casara-se com uma princesa de Quito e ela lhe dera um filho, Atahuallpa.
Mas os se tornar Sapa Inca casou-se com sua irmã e tiveram um filho, Huáscar.
Ao sul , uma tribo invasora atacou a fronteira do Peru com o Chile. Entre eles encontravam-se alguns espanhóis, que espalharam uma epidemia de varíola. A epidemia devastou aquela região acabando por matar Huayna Capac, em 1525.
O Inca Huáscar subiu ao trono, mas Huayna Capac declarou que quito deveria ser herdada por Atahuallpa. Em 1532, iniciou-se uma guerra civil entre os dois meio-irmãos. Atahuallpa acabou por aprisionar o pais inteiro e aprisionou Huáscar.
No mesmo ano Francisco Pizarro atingiu o peru com seu pequeno exército espanhol. Durante os primeiros meses foram gradualmente conquistando a zona litorânea, acabando por se defrontar com todo o exército Inca e, por meio de uma armadilha, conseguiram capturar Atahuallpa. Dois anos depois os espanhóis haviam conquistado todo o tawantsuyo.

www.historiadomundo.com.br/inca/civilizacao-inca.htm


Publicado por Akasha De Lioncourt em 11/08/2009 às 23h26
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
29/07/2009 23h45
Nota de Falecimento
Recebi este e-mail e é importante compartilhar com vocês.

"Amigos e amigas,

É com muita tristeza que lhe participamos o falecimento de um amigo muito querido que se chamava BOM SENSO e que viveu muitos e muitos anos entre nós.

Ninguém conhecia com precisão a sua idade porque o registo do seu nascimento foi desclassificado há muito tempo, tamanha a sua antiguidade, mas lembramo-nos muito bem dele,principalmente pelas suas lições de vida como:

- O mundo pertence àqueles que se levantam cedo.
- Não podemos esperar tudo dos outros.
- O que me acontece pode ser em parte também por minha culpa.

O BOM SENSO só vivia com regras simples e práticas como não gastar mais do que se tem e de claros princípios educativos como são os pais quem dão a palavra final.

Acontece que o BOM SENSO começou a perder o chão quando os pais passaram a atacar os professores que acreditavam ter feito bem o seu trabalho querendo que as crianças aprendessem o respeito e as boas maneiras.

Sabendo que um educador foi afastado ao repreender um aluno por comportamento inconveniente na aula, agravou-se o seu estado de saúde. Deteriorou-se mais ainda quando as escolas foram obrigadas a ter autorização dos responsáveis até para um curativo no machucado de um aluno - sequer podiam informar aos pais de outros perigos mais graves incorridos pela criança.

Enfim, o BOM SENSO perdeu a vontade de viver quando percebeu que os ladrões e os criminosos tinham melhor tratamento do que as suas vítimas. Também recebeu fortes golpes morais e físicos quando a Justiça decidiu que era crime defendermo-nos de algum ladrão na nossa própria casa, enquanto a este é dada a garantia de poder queixar-se por agressão e atentado à integridade física ...

O BOM SENSO perdeu definitivamente toda a confiança e a vontade de viver quando soube que uma mulher, por não perceber que uma xícara de café quente iria queimar-lhe, ao derramá-lo em uma das pernas, recebendo por isso uma colossal indenização do fabricante da cafeteira elétrica.

Certamente você já reconheceu que a morte do BOM SENSO foi precedida pelo falecimento:

- dos seu pais: Verdade e Confiança.
- da sua mulher: Discrição.
- de seus filhos: Responsabilidade e Juízo.

Então, o BOM SENSO deixa o seu lugar para três falsos irmãos:

- Eu conheço os meus direitos e também os adquiridos.
- A culpa não é minha.
- Sou uma vítima da sociedade.

Claro que não haverá multidão no seu enterro,porque já não temos muitas pessoas que o conheçam bem e poucos se darão conta de que ele partiu.

Mas, se você ainda se recorda dele,caso queira reavivar a sua lembrança, previna todos os seus amigos do desaparecimento do saudoso BOM SENSO fazendo circular esta comunicação…

Se não, não faça nada, deixe tudo como está!"

Eu fiz a minha parte, pois também acho que o mundo está cada vez mais carente de bom senso, responsabilidade, juízo, atenção, cuidado ao próximo...

Tenham um bom dia.

Publicado por Akasha De Lioncourt em 29/07/2009 às 23h45
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
20/07/2009 10h05
Feliz Dia do Amigo
Recado aos Amigos Distantes
 
Meus companheiros amados,
não vos espero nem chamo:
porque vou para outros lados.
Mas é certo que vos amo.
 
Nem sempre os que estão mais perto
fazem melhor companhia.
Mesmo com sol encoberto,
todos sabem quando é dia.
 
Pelo vosso campo imenso,
vou cortando meus atalhos.
Por vosso amor é que penso
e me dou tantos trabalhos.
 
Não condeneis, por enquanto,
minha rebelde maneira.
Para libertar-me tanto,
fico vossa prisioneira.
 
Por mais que longe pareça,
ides na minha lembrança,
ides na minha cabeça,
valeis a minha Esperança.
 
Cecília Meireles, in Poemas (1951)

Aos amigos distantes, aos que estão perto... apesar de que todos os dias são Dia do Amigo, hoje é uma data especial e então recorro ao poema de Cecília para homenagear a cada um de vocês!

Beijos carinhosos,

Akasha

 

Publicado por Akasha De Lioncourt em 20/07/2009 às 10h05
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
12/07/2009 21h59
Os 12 Chakras da Terra
Os 12 Chakras da Terra

          O nome de cada Chakra: Shambala, Carituóide, Unitorme, Cotiardo, Nuitorp, Uniplario, Amatron, Colotio, Antah, Aurora, Erks e Miz-Tli-Tlan. É apresentado no idioma Cósmico, o irdin, e está relacionado com a função que realiza na Terra.           Vamos fazer a localização geográfica de algumas das essências onde se encontram as diferentes cidades etéreas intraterrenas que, por meio das consciências que as habitam, cumprem a tarefa de irradiar ao planeta e as suas criaturas, de acordo com o mandato superior e com a abertura que essas criaturas conseguem de suas consciências.

                                  Vórtice Shambala    
       

É o Chakra coronário do planeta. Situa-se embaixo do deserto Gobi, na Ásia, ao norte de Tibet. Todo Buscador Espiritual sabe da existência de Shambala. Ali fluem energias masculinas do perfeito e poderoso Raio Azul Brilhante. É a essência da evolução da Consciência Universal através da mente física e etérea do homem. Shambala adormeceu lentamente há 10 anos, após ter cumprido esta etapa de sua fase.              
                 

                              Vórtice Carituóide     
  

   Representa o Terceiro Olho da Terra e maneja o que conhecemos como Raio Egípcio. Situa-se no Egito, debaixo do vale das três pirâmides. “Por isso o tremendo avanço da cultura egípcia. Aqueles seres que encarnaram e trabalharam ali tinham poderes que ainda hoje se manifestam em muitos humanos.” A tempo cessou sua influência para humanidade.

                                 Vórtice Unitorme

      Corresponde ao Chakra laríngeo da Terra e pouca atividade tem tido até agora. Encrontra-se na África, na zona montanhosa do Quênia, nas proximidades do famoso monte Kilimanjaro, em um vale ao norte. A cidade e os Mestres que ali se encontram esperam a ordem do Pai para ativar sua Luz, porém não será inda para a próxima raça raiz do Planeta Terra. Sua abertura será para a sétima raça, porque é um Chakra de criação e dará aos humanos os poderes dos deuses. Para receber estes poderes, os humanos necessitam ainda de purificação que terão durante a sexta raça.
 
                                  Vórtice Cotiardo

         Vamos chamá-lo de Chakra cardíaco da Terra. Situado em pleno coração da Europa, é também um Chakra adormecido para esta humanidade. Encontra-se debaixo de um vale, na nascente do rio Reno.
 
                                   Vórtice Nuitorp

       Conhecido como Rapa Nui, na ilha de Páscoa, no meio do oceano Pacífico Sul. Os aborígenes chamam-no, em idioma ancestral, de te pito ou te enuo, que quer dizer “umbigo do mundo”. É o lugar de entrada das energias vitais do Planeta, a essência de vida para a humanidade. Assim como Shambala, há 10 anos Nuitorp adormeceu enquanto essência modificadora da conduta humana, como mobilizadora evolutiva. Nuitorp já cumpriu sua parte na evolução humana, porém se mantém ativo nos níveis de consciência do planeta como um ser vivo.
 
                                  Vórtice Uniplario

         Representa o Chakra sacro, o Criador de Vida. Situa-se em uma elevação rochosa do deserto centro-ocidental da Austrália e já chamou a atenção daqueles que são sensíveis às energias. Esse vórtice teve seu auge nas primeiras raças humanas e sua missão foi fundamental para fazer uma raça apta a habitar um planeta selvagem. Esse chakra sempre cumpre a tarefa de ir transformando uma matéria densa e caótica em sutil. Ele voltará a ter atividade plena durante a sétima raça.
 
                                   Vórtice Amatron

          Cumpre a função do Chakra da base, ou Kundalini, e dali flui energias que mobilizam todas as demais nos planos mais densos. Fez parte de um trabalho intenso nas quatro primeiras raças, mas na quinta raça não reconhecido nem buscado pelo homem. Está situada na Mongólia, próximo a fronteira com a Rússia e perto da China, embaixo de um vale montanhoso onde moram as pessoas com a vida mais longa deste planeta. Foi o berço de fricções energéticas criadoras de realidades e de sensibilidades planetárias. Foi também o transmutador de todo caos de um mundo denso e opressor para, através de suas poderosas energias, dominar o Fogo Criador Interno do Planeta e tornar possível a vida humana nele, além de possibilitar o crescimento espiritual por meio do equilíbrio energético do Planeta. Esse Chakra ainda cumpre a sua tarefa, porém de maneira intraplanetária, como sempre tem sido, e terminará sua missão interna quando a sétima raça tiver alcançado a sua plenitude na Terra.   
 
                                    Vórtice Antah

            Antah é uma realidade criada pela misericórdia do nosso Pai Eterno para seus filhos pródigos. Este novo vórtice planetário, situado no plano estéreo da atmosfera do planeta, pode ser projetado na região geográfica entre a Bolívia e o Peru, ao redor do lago Titicaca, para que se tenha uma referência do lugar real em que se encontra. Antah envia sua energia sutil, de nome Jahl, sobre todo o planeta e sua humanidade, buscando o despertar da Consciência humana para que sejam retiradas de seus registros todas as vibrações baixas ou animalescas que pesam sobre a sua evolução. Em Antah encontram-se as Hierarquias deste Universo esperando pelo final do processo de troca da situação do planeta e da sua raça. Encontram-se em Antah 108 Mestres Galácticos que dirigem os 108 Raios que se manifestam neste Universo.
As Hierarquias são:
*Miguel de Nebadón, nas energias de Jesus Cristo.
* Metatrón, mais conhecido como Anubis.
*Melquisedec.
*Tribunal do Karma, composto por 43 Mestres
*Conselho dos Anciões.
*Conselho Intergaláctico, composto por 19 Mestres.
* Conselho de Melquisedec, composto por 12 Mestres.
*8 Arcanjos.
 
                                    Vórtice Aurora

           É a Manifestação plena de um dos 12 Raios da Criação, o raio da energia Brill, cuja energia, de um violeta brilhante, há 10 anos vem sendo aplicada sobre a humanidade a fim de que as Hierarquias Celestiais utilizem-se dentro de cada um, acelerando-lhe a evolução consciente até a nova realidade da quarta dimensão. Aurora energia de limpeza, cura a alma (pode alcançar o nível físico) energização da alma. O centro geográfico do vórtice Aurora indica a entrada do raio ultradimensional violeta Brill em direção à cidade etérea intraterrena Aurora que se situa quatro mil metros abaixo do solo na região do Uruguai
 
                                       Vórtice Erks

             Revitalização e abertura de consciências. Alcança a consciência Crística e encontra-se ativo.
                                   
                                  Vórtice Miz-Tli-Tlan

             Alcança a Sabedoria Crística e está ativo. É a Mestra Ajanel quem rege a função do Vórtice energético Miz-Tli-Tlan, a cidade intraterrena dos sábios. Aqueles seres que hoje a habitam foram alcançando sabedoria através de sucessivas encarnações humanas e, em suas últimas vidas, tiveram destaque, ás vezes em diferentes áreas da ciência e cultura, ou passaram despercebidos por seus iguais, realizando tarefas em absoluto silêncio.   
                               

                                   Chakras em Atividade   
      

 Os Chakras Vórtices da Terra em Atividade são Aurora, Erks, Miz-Tli-Tlan e Antah, abertos para a mudança de raças, para acelerar e abreviar os tempos. A função deles é fundamental para guiar a sexta raça,dando mais segurança aos seus passos evolutivos que serão acelerados pelas luz refletida por esses chakras, indo ao encontro definitivo entre a matéria e o espirito, por meio da criação máxima do Pai: o Homem. A abertura do Chakra Antah estava planejada para ser na mudança da sexta para a sétima raça, mais foi antecipada para que os inúmeros novos Buscadores da Verdade pudessem encontrar seus caminhos interiores sem a quantidade de travas e de dificuldades criadas pelo mal exterior e interior de cada um. Esta é a única vez em toda a história terrestre que há mais de três raios-chakras em atividade ao mesmo tempo. Raras vezes o Pai necessita utilizar quatro raios juntos em um mundo experimantal.    


Fonte: www.comunidade-espiritual.com/blog.php



Publicado por Akasha De Lioncourt em 12/07/2009 às 21h59
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
12/07/2009 21h56
Chakras
Chakras

A palavra “chakra” vem do Sânscrito e significa “roda de luz”, "roda da lei", "roda da vida" ou "morte". Chakras são pontos de energia de diferentes vibrações, representando diferentes aspectos do corpo, da alma e do espírito. Simbolizam a lei da natureza, estando em constante movimento. Eles estão localizados ao longo da coluna vertebral do corpo humano.
Alguns clarividentes conseguem enxergar cada um desses pontos, com sua forma e cor específica. Através da Radiestesia e outras formas de tratamentos alternativos, pôde-se constatar que a maioria das doenças são decorrentes do desequilíbrio dos chakras ou da entrada de energia negativa nesses pontos vitais.
Os chakras harmonizados nada mais são do que o equilíbrio entre as polaridades Yin (feminino, frio e úmido) e Yang (masculino, quente e seco). O esquema dos sete chakras é o mais usado nas terapias alternativas. Entretanto, existem inúmeros outros chakras menores, atuando num esquema dinâmico de intercâmbio energético.
Sua função é de receber e transmitir energia para as áreas afetadas do corpo físico, trazendo o equilíbrio. Trabalhando com os chakras, é possível unir todos os aspectos de nossas vidas, incluindo os aspectos físicos, materias, espirituais, sexuais e etc.
Os chakras são centros de conjunção de energias que circulam ao longo de uma espécie de "sistema nervoso subtil" que se chama Nadis. É por eles que circula a energia vital: PRANA
Os chakras criam-se no ponto de intersecção dos Nadis. É nestes centros de força que se encontram o plano terrestre e o plano cósmico. Apresentam-se sob a forma de um cone (funil) e a raiz dos sete chakras principais está conectada ao canal central (o canal Sushumna), com uma parte nas costas, que recebe a energia, e a parte da frente, que a emite. Quando se trata um chakra desperta-se a Kundalini.
É através destes centros de energia que os seres humanos recebem e transmitem. Os chakras alimentam o corpo físico e todos os corpos subtis, alimentam-se de tudo o que, no universo, é energia.
Todos os nossos estados de consciência são condicionados pelo estado energético dos nossos chakras.
No corpo físico, encontra-se sete chakras principais, sendo três mestres e quatro maiores. Sabemos que existe trezentos chakras menores espalhados pelo corpo físico. Também há muitos chakras que se encontram fora do corpo. Quando todos os chakras estão abertos e balanceados, a energia nos permite comunicar com os espíritos do Universo.
Os chakras são divididos da seguinte maneira:
- - Os três chakras localizados na cabeça e na região da garganta, são governados pela razão.
- - Os chakras que estão localizados na frente do corpo, são governados pela emoção.
- - Os chakras que estão localizados na parte de trás do corpo, são governados pelo desejo.
Cada chakra está associado com uma das sete cores do arco-íris.
 
Fonte: www.misteriosantigos.com/chakras.htm


Publicado por Akasha De Lioncourt em 12/07/2009 às 21h56
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 9 de 38 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]