Bistrô da Poesia
Deguste... poesia é o alimento da alma!!!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Meu Diário
15/08/2007 13h39
Sabor da Conquista!!!

Sabor Gostoso da Conquista


 


Quando alcançamos um objetivo sem precisar pisar, enganar, ludibriar, afundar na lama e chafurdar feito um suíno, enfim, quando chegamos ao degrau de cima na escalada da nossa evolução sem precisar prejudicar a quem quer que seja e baseando-nos apenas na nossa luta, no nosso empenho e esforço pessoal, ah, o sabor disso é inenarrável!


Hoje estou saboreando o fruto de muitos dias de encubação, um empreendimento que me possibilitará progressos incontáveis e a realização de projetos pessoais que há muito quero realizar...


·        Ter meus filhos;


·        Ter minha casa;


·        Ter minha estabilidade financeira para desenvolver projetos sociais com crianças, que são em minha opinião a nossa esperança para salvar este planeta;


·        Poder cumprir uma função social que é e será nossa responsabilidade enquanto vivermos em sociedade que é a inclusão dos menos afortunados que necessitam que lhes ensinemos a pescar e não que apenas possamos garantir o peixe de alguns dias;


 


As pessoas não precisam de esmolas nem de favores, precisam de oportunidades e a cada um de nós que somos mais esclarecidos e mais abastados, existe uma obrigação moral de contribuir para que isso aconteça. O trabalho voluntário é fascinante e chega a um ponto em que nos viciamos nele. E é o melhor dos vícios, podem ter certeza.


Hoje, estou colocando em prática um sonho que é o de poder me dedicar mais a esse tipo de trabalho e para isso é necessário tempo e um pouco mais de disponibilidade monetária para nos deslocarmos sempre que necessário e possamos socorrer quando necessário. Esse sonho que está começando a se transformar em realidade tem um sabor de frescor da manhã no meio de uma floresta verde, de mergulho no fundo do mar mais límpido e cuja pureza das águas nos permite ver mais do que os olhos podem realmente enxergar, tem sabor de beijo na bochecha dados por crianças que te amam incondicionalmente sem qualquer interesse no que possuímos materialmente mas tão somente no amor que lhes podemos dedicar. Ah, essa conquista tem sabor de eterna magia!


 


Hoje, venci mais uma etapa do meu medo de viver e arriscar sair do casulo protetor da família para evoluir como necessitamos enquanto cumprimos nossa jornada aqui neste planetinha lindo!


 


Estou feliz!!!


 


Beijos,


 


Akasha


Publicado por Akasha De Lioncourt em 15/08/2007 às 13h39