Bistrô da Poesia
Deguste... poesia é o alimento da alma!!!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Um Toque de Tristeza

A sexta-feira amanheceu sem chuva, com traços de sol e luz por toda a parte mas ainda possui uma nota de tristeza que me enregela o coração.
E eu fico pensando se essa gotinha que teima em cair nos meus olhos é em virtude da tragédia que vitimou tantas pessoas no início da semana ou se é pelo descaso de que estamos sendo vítimas há tanto tempo.
Quanto vale uma vida? Sei lá, nunca coloquei preço na minha, isso é verdade. Mas posso dizer que certamente é algo que dinheiro nenhum desse mundo físico poderia pagar. 
Até quando seremos vítimas do acaso de um equipamento defeituoso em um avião aparentemente novo e em plenas condições de funcionamento? Ou mesmo de uma reforma não terminada que deixa de lado quesitos de segurança visando liberar uma pista de pouso e aterrissagem com intuito de movimentar lucros para empresas e governo? 
Até quando homens e mulheres serão exauridos de maneira grotesca em profissões de risco que têm como objetivo manter toda a população viva e em segurança apenas para que alguns possam fazer uso da "Lei Gerson" em benefício próprio?
É, acho que minha tristeza não é só pelas vidas que se foram nesse início de semana mas por tudo o que vem acontecendo e que comprova que nós brasileiros estamos desistindo de lutar e permitindo que as coisas corram como nau sem rumo ao sabor do vento. A lágrima solitária que teima em rolar pela minha face é por todas as vezes em que uma vida foi atingida em nome da impunidade e da falta de caráter alheia.
Mas eu ainda creio no Brasil... ah, creio!! Creio nos brasileiros e espero sinceramente que um dia tudo isso possa ser lembrado como um passado distante, mesmo que eu semeie para que meus netos ou bisnetos venham a colher. Não tenho pressa pois o tempo é senhor de si mesmo e nada, absolutamente nada acontece fora do previsto. Só sei que acredito que ainda haja um final feliz para todas as histórias, mesmo que escritas com sangue e glória.

(20/07/2007 - Pensando muito em viajar pra dentro do meu Ego novamente)
Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 20/07/2007
Alterado em 07/08/2013

Música: Chão de Giz - Oswaldo M.

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários