Bistrô da Poesia
Deguste... poesia é o alimento da alma!!!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


                 Pensamentos Soltos

Soltos ao vento... meus pensamentos me fazem sentir o peso incessante da vida e da morte... 
Sim, lá vem ela, a ceifadora de almas, vestida de negro e sem qualquer rodeio diz que veio me buscar... 
Ah, não! Não vou me entregar tão prontamente quando sei que ainda tenho muito a realizar... 
Não vim por acaso e não vou sem cumprir o que me propus a realizar neste planeta de aprendizado.
Quem sabe o que ainda hei de vivenciar? Vai me levar assim, sem ao menos um bom argumento?
Ah, eles estão, assim como meus pensamentos, soltos ao vento... ao sabor da brisa suave com a qual Zéfiro nos brinda nesse exato momento...
Cuidado!!! O mesmo deus que sopra e alivia também mente e ludibria!!!
Não se deixe enganar, oh, ceifadora de almas!!!
Não foi a mim que vieste buscar... eu ainda não posso te acompanhar.
É, pensamentos soltos me fazem devanear...
A morte nada mais era do que uma sombra projetada pela roupa alva que sacudia no varal, 
E Zéfiro, o deus dos ventos e da mentira, não passa de história da carochinha para assustar...
Só os pensamentos voam no vento... nós, meros mortais, precisamos aterrissar!!!

(16/03/2007)
Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 16/03/2007
Alterado em 02/07/2009
Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários