Bistrô da Poesia
Deguste... poesia é o alimento da alma!!!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


INTRODUÇÃO

Ser criança hoje em dia é muito mais difícil do que há algumas décadas. Hoje, a criança nasce e traz consigo uma bagagem muito superior que lhe será acrescida pelo monstro da modernidade. Ela aprenderá que se um de seus pais lhe der umas palmadas pode ser um caso de maus tratos com punição severa, aprenderá que ninguém pode lhe obrigar a fazer o que não queira, a professora não merece seu amor e respeito, portanto, pode xingá-la ou até mesmo agredí-la. São convenções da psicologia moderna que criou o bullying, intensificou a noção de maus tratos e deseducou as crianças, que já sofrem com a ausência de pais que trabalham e têm pouco tempo para dedicar aos pequenos em formação.

No meu tempo, a gente subia em árvore, caía, machucava e ainda levava uns puxões de orelha da mãe. Brincava de roda, de 'queima', de corda (nossa, como doía quando ela batia na gente durante o foguinho, pegava mesmo fogo nas pernas!), pega-pega e 'mãe-da-rua'. Tinha sempre um colega 'quatro-olhos' (que não morreu nem ficou traumatizado a ponto de sair matando gente inocente depois de adulto) a quem dávamos um pouco mais de atenção para não acertarmos seus óculos nas brincadeiras. Criança 'especial' convivia no mesmo ambiente e às vezes na mesma sala de aula e era salutar pra todos, porque nos mostrava que não era preciso ter tanto cuidado assim, bastava tratá-los com respeito merecido, amor e igualdade.

Hoje, nossos meninos e meninas vivem diante da TV, vendo programas não indicados para a sua idade, jogando videogame ou colados no computador. Não existem mais aqueles grupinhos que jogavam bola na rua até mais tarde (mesmo porque a violência crescente também não ajuda em nada). Os grupinhos são virtuais, criados no Orkut, Twitter, Facebook e tantos outros milhões de sites de relacionamento e redes sociais. É a internet unindo e afastando as pessoas mais e mais do contato físico e visual direto.

Vamos poetar para as crianças, mostrar a elas que a infância é seu primeiro momento e o mais importante de suas vidas... É nos primeiros anos de vida que o caráter de uma criança é formado. Vamos estimular pais e mães de hoje a ler contos infantis e cantar músicas de ninar para que seus filhos sintam-se amados. Vamos poetar também para a criança que se encontra dentro de cada um de nós e não pode ser sufocada, porque é ela quem nos salva quando perdemos a nossa capacidade de sonhar e amar nos piores momentos de nossas vidas.

Um grande e fraterno beijo em todos vocês.

Akasha De Lioncourt
Confreira Seccional São Paulo/SP

14 de setembro de 2011.

Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 23/10/2011

Música: Carrossel de Esperança - Robertinho do Re

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários