Bistrô da Poesia
Deguste... poesia é o alimento da alma!!!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


O bicho Homem

O bicho se chama Homem
Dito ser civilizado.
Mas quem que é que está destruindo
O futuro da Humanidade?
No princípio era mais simples,
As pessoas sobreviviam,
Mas inventaram a posse,
E, com ela, viramos presas.
O Homem é o Lobo do próprio Homem,
Como Thomas Hobbes bem dizia,
Matamos e destruímos,
Apenas para firmar soberania.
Esse poder desenfreado,
Que causa medo e repúdio,
Fez mudarem os valores,
E com eles, toda a vida.
Hoje, matamos o planeta,
Como se nada significasse,
Derrubamos nossas matas,
Sem qualquer dó ou piedade.
Não somos os donos do mundo,
E nem parecemos os filhos do Dono.
Esquecemos da Igualdade.
Da Liberdade e da Fraternidade.
Só resta pedir, sem cessar
Que possamos um dia acordar.
Antes que a vida valha tão pouco,
Que seja permitido matar.
Embora isso seja ambíguo,
Pois matamos todos os dias,
Matamos o ar, a água, a natureza e a vida.
E, não sei, sinceramente,
Aonde poderemos ir parar.

20 de junho de 2011
Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 23/07/2011
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários