Bistrô da Poesia
Deguste... poesia é o alimento da alma!!!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Planeta Água
 
 
Água que lava,
Limpa, asseia,
Refresca, sacia...
A sede... A sede...
Águas profundas,
Que guardam segredos,
Vidas e anseios,
Nos leitos dos mares.
Água marinha,
Que traz o sal,
Moeda de troca,
Tempero sem igual.
A água que brilha,
Ao pôr do sol, no horizonte,
É a mesma que te banha,
Ainda que pareça tão longe.
Água que se precipita,
Como chuva providencial,
Salva a vida das lavouras,
Mas também pode ser fatal.
Água que representa,
As forças da Natureza.
Não a provoque, fique atento,
Pois poderá sentir a tormenta.
 
 
Akasha De Lioncourt – 17/06/2010

Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 17/06/2010
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários