Bistrô da Poesia
Deguste... poesia é o alimento da alma!!!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Natureza: Mãe

Mãe que prepara o berço,
E nos dá o alimento,
O fruto mais doce,
A água mais pura.
Mãe que dá o remédio,
Da árvore mais frondosa,
Da folha mais verde,
Da flor mais perfumada.
Mãe, que nos pede socorro,
Por todas as queimadas,
Por toda a destruição,
Que causamos em suas matas.
Mãe que nos implora piedade,
E nos mostra as cicatrizes,
Por todas as atrocidades,
Que o homem já realizou.
Mãe que finalmente se cansa,
De ter tanta esperança,
Que um dia tudo modifique.
E, finalmente, ela nos castiga,
Com enchentes, nevascas,
Entre outras tantas calamidades,
Como uma forma de mostrar,
Que apesar de ser Mãe,
Ela também pode se zangar.


09/06/2009

Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 03/09/2009
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários