Bistrô da Poesia
Deguste... poesia é o alimento da alma!!!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Balada Para Um Amor Antigo (ou um antigo amor)

Prepara teu corpo
repara tua alma
tudo com calma
Porque eu vou te encontrar

Gaste o esmalte
penteie o cabelo
com muito desvelo
Porque eu vou te encontrar

Isole a TV
e ligue o som
num jazz de bom tom
Porque eu vou te encontrar

Perfuma tua pele
com essência de rosa
e me aguarde, fogosa
Porque eu vou te encontrar

Apague as luzes
acenda uma vela
e feche a janela
Porque eu vou te encontrar

Incense o quarto
arrume a cama
te faças de dama
Porque eu vou te encontrar

E, quando eu te encontrar
o tempo vai ceder
e parar de correr
Porque eu vou te amar

Dionisio Teles
 

&

Balada para um Amor Nascente (ou um Novo Amor)

Meu corpo está pronto,
Preparada está a alma,
Há muito sinto a minha calma,
Porque sei que vou te encontrar

Gastei todas as unhas ao roê-las
Os cabelos despenteei, todos os cachos,
Sem muitos cuidados, eu sei,
Porque sei que vou te encontrar

Nunca gostei de TV, dispensei-a,
Música só de bom gosto,
Jazz? Também blues, MPB,
Porque sei que vou te encontrar

A pele sempre perfumada,
Essência de alma, pode até ser rosa,
O fogo consome toda a cama,
Porque sei que vou te encontrar.

Luzes só nos castiçais,
Velas aromáticas, essenciais,
Janela aberta, para ver a lua,
Porque sei que vou te encontrar.

O quarto parece vindo do oriente,
A cama com lençóis de seda,
A dama, se transforma em gueixa,
Porque sei que vou te encontrar.

E, quando finalmente eu te encontrar,
O tempo relativo há de ficar,
Gélido, estático, inexistente,
Porque eu sei que vou te amar!

Akasha De Lioncourt
Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 09/05/2006
Alterado em 04/07/2009
Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Áudios Relacionados:
Baladas...... - Kondor


Comentários